Lançamento de Anuário Econômico Aconteceu na Acic Cianorte

DSC 7020

DSC 7020

O projeto reúne indicadores de economia e representa uma importante ferramenta para empresários e investidores interessados na indústria, comércio e prestação de serviços de Cianorte e região.

Com o objetivo de promover o crescimento regional e divulgar suas possibilidades de investimentos, a Associação Comercial e Industrial de Cianorte apoiou a realização do anuário de economia “A grande região de Cianorte – uma região de riquezas e oportunidades”, lançado (20/08), em evento que reuniu autoridades, empresários e a sociedade cianortense.

A publicação é uma realização do Grupo Maringá de Comunicação, e também conta com apoio da Prefeitura de Cianorte, e de diversas empresas do município. A tiragem é de três mil exemplares e a distribuição será gratuita por meio das entidades parceiras. A participação no projeto faz parte das comemorações relativas ao cinqüentenário da Acic Cianorte. “Parabenizo o grupo CBN na pessoa do Sr. José Roberto, primeiro pelo material de alto nível desenvolvido e segundo pela iniciativa em apresentar de forma extremamente profissional, os resultados desta crescente e diversificada evolução econômica da nossa região”, disse o presidente da Acic Cianorte, José Claudiney Rocco.

O prefeito Bongiorno participou do lançamento e comemorou os bons números do município. “Cianorte é uma cidade que deu certo. Está entre as economias mais pujantes do estado. Já podemos comemorar que estamos em 21º lugar no ranque dos municípios que mais arrecadam ICMS no Paraná e esta publicação vem incentivar e valorizar ainda mais nossa economia”, defendeu.

Durante a abertura do evento, o presidente da Acic Cianorte lembrou que ao longo desses 50 anos, a entidade contribuiu sobremaneira com a evolução econômica de Cianorte e região. “Se considerarmos o resultado da pesquisa realizada pelo SEBRAE, sobre o índice de sobrevivência das empresas a nível nacional e estadual, onde a média nacional é de 70%, a estadual é de 75%, podemos dizer que Cianorte ocupa um lugar privilegiado neste cenário”, lembrou, completando que a pesquisa também apontou os 10 municípios com índice de sobrevivência de empresas superior a média estadual, Sendo eles: Cascavel (76%), Arapongas (77%); Umuarama (77%); Foz do Iguaçu (78%); Ponta Grossa (78%); Guarapuava (79%); Apucarana (79%); Campo Mourão (80%); Francisco Beltrão (81%); e com muita satisfação anunciou que Cianorte, a capital do vestuário, figura em primeiro lugar no rank estadual, com um índice de Sobrevivência das Empresas de 84%. “A cada 100 empresas que são constituídas em Cianorte, 84 sobrevivem no período de dois anos, quando na média nacional apenas 70 teriam este privilégio”, comemorou o presidente da Acic.

Palestra com Gilson Aguiar

O evento teve ainda uma palestra que discutiu os dados apresentados pelo Anuário, ministrada pelo apresentador, comentarista, colunista e professor universitário de Teoria das Ciências Sociais, Gilson Aguiar, que falou sobre a sociedade de consumo e a conjuntura econômica da região. “Fiz a palestra analisando os desdobramentos dos índices que colocam Cianorte entre as cidades com um dos melhores índices de crescimento regional…. Estamos em uma “esquina do mundo”, ele passa por Cianorte”, escreveu o palestrante.

A palestra focou as condições em que a economia mundial se apresenta e como a região de Cianorte está inserida na rede planetária de produção. Para Gilson Aguiar, a cidade tem a possibilidade de crescimento consolidado, mas para isso é necessário investir na qualidade humana. “Este será o elemento diferencial que permitirá enfrentar os desafios do futuro. A redução do crescimento do emprego e do crédito irá trazer a necessidade de planejamento das empresas e das pessoas”, finalizou Aguiar.

 

Fotos: Lenir Guilhem

[nggallery id=3]

Compartilhar